O ESCRITÓRIO

Fundado em 2006 pelo advogado e sócio, Vinícius Cascone, atuamos em todo território nacional e nos principais Tribunais.

Com uma equipe de profissionais especializada e comprometida com a defesa dos direitos, estamos preparados para atender as demandas de nossos clientes e parceiros com eficiência e rapidez, transpondo as condições adversas que possam existir.

A visão humanista sistêmica é nosso diferencial e fator indispensável para a atuação com responsabilidade social, zelosa e atenta aos impactos e reflexos de nossas ações perante a sociedade.

Para enfrentar os desafios cotidianos, nós, do Cascone Advogados, continuamente trabalhamos no aperfeiçoamento técnico de nossos profissionais, visando promover aos clientes uma qualidade que se evidencia através de nossos serviços e atendimentos prestados.

Não obstante, nosso escritório possui valores éticos intransponíveis, que fortalecem a nossa credibilidade.

Compromisso com a defesa do cliente, ética profissional, profissionais qualificados, experiência e transparência!

ÁREAS DE ATUAÇÃO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Caso Shell / Basf - 21 de julho de 2021

Em 2002, o Sindicato dos Químicos Unificados ingressou com uma ação coletiva, pleiteando que as empresas Shell e Basf custeassem tratamento médico preventivo para todos os trabalhadores que se ativaram na planta das empresas no Município de Paulínia/SP. Naquela unidade a Shell produziu agrotóxicos desde 1977, sendo que a Basf adquiriu a fábrica em meados […]

Ler matéria >

Varejista de moda é condenada a pagar indenização por homofobia - 21 de maio de 2024

Uma rede varejista de moda deve pagar danos morais no valor de R$ 20 mil a auxiliar de loja por discriminação em razão de orientação sexual. A trabalhadora alegou que constantemente era vítima de homofobia sob a forma de comentários hostis e piadas, principalmente de cunho erótico.

Ler matéria >

Empregado que não foi chamado pelo nome social será indenizado - 15 de maio de 2024

A Justiça do Trabalho da 2ª Região condenou rede de farmácias a pagar R$ 15 mil em dano extrapatrimonial para atendente transexual por desrespeito à identidade de gênero e ao pedido pelo uso do nome social no ambiente de trabalho. De acordo com a sentença proferida na 46ª Vara do Trabalho de São Paulo-SP, todos os registros funcionais, até o término do contrato, desprezaram o nome social do empregado.

Ler matéria >

Comércio de joias é condenado por dano moral ao impor padrões de beleza nas contratações - 10 de maio de 2024

Uma analista de recrutamento e seleção deve ser indenizada por joalheria por ser obrigada a adotar critérios sexistas para escolher empregadas, com base em padrão de beleza. De acordo com os autos de processo que tramita na 8º Vara de Trabalho da Zona Sul, na capital paulista, o fundador da empresa exigia mulheres de cabelos longos e lisos, magras, sem tatuagem ou piercing, entre outros critérios estéticos.

Ler matéria >

Estágio probatório corresponde ao período de três anos para adquirir estabilidade - 6 de maio de 2024

A 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) manteve a sentença que julgou improcedentes os pedidos do Sindicato Nacional dos Servidores Federais Autárquicos nos Entes de Formulação, Promoção e Fiscalização da Política da Moeda e do Crédito (SINAL) para que fosse assegurado aos seus servidores o direito de serem submetidos ao estágio probatório com prazo de dois anos. O sindicato argumentou que a mudança no tempo para adquirir estabilidade pelo servidor público não implica necessariamente na alteração no prazo do estágio probatório, já que são institutos diferentes em termos de natureza e propósito.

Ler matéria >